Versículos

BBC Brasil - Primeira página

sábado, 6 de outubro de 2012

As Boas Novas

Em II Reis 6.24-33 há uma história muito triste e assustadora. O povo de Israel está sofrendo com o cerco - embargo econômico - feito pelo rei da Síria. O desespero é tamanho que duas mulheres combinam de um dia elas comeriam o filho de uma e no outro dia o filho da outra. As pessoas presas pelo cerco são como as pessoas presas pelo pecado.
Mas há  um profeta na cidade. No capítulo 7 Eliseu que diz ao rei que no dia seguinte haverá fartura de alimentos e utensílios. Em seguida a história fala de quatro homens, leprosos que estavam à porta da cidade e resolveram ir até o acampamento dos Sírios para se renderem. Quando lá chegaram, descobriram que Deus havia expulsado todo o exército inimigo e que eles haviam deixado para trás toda a comida e todos os seus pertences. Eles se esbanjaram, comeram, pegaram para si ouro, prata e roupas. Até que um deles diz: "Isto que estamos fazendo não é certo. Este é um dia de boas notícias, e nós não podemos ficar calados!" Eles então voltam para Israel e contam as Boas Novas, que representam a Mensagem do Evangelho de Cristo.
Esses quatro leprosos nos ensinam pelo menos 6 lições:

  1. A mensagem do evangelho não nos foi dada ficar guardada apenas para nós. Está muito bom, mas é preciso compartilhar com os que estão presos no "Cerco do Pecado".
  2. A mensagem foi simples e verdadeira, assim como em I Coríntios 15.3-4.
  3. Eles tiveram que sair da sua "Zona de Conforto".
  4. Foram até as pessoas que estavam na cidade, assim como devemos ir até os pecadores e não apenas esperar que eles venham até nossos Templos.
  5. Não se importaram com a incredulidade dos que ouviram, eles cumpriram a missão de "Falar as Boas Novas".
  6. Não buscaram reconhecimento por terem livrado a cidade da Morte.

E você, tem cumprido sua missão? Já se rendeu ao Jesus que morreu na cruz, foi sepultado e ao terceiro dia ressuscitou?
Tem guardado as Boas Novas somente para você, arriscando vir alguma calamidade?


Pregue a Palavra há tempo e fora de tempo, pois, "Como, porém, invocarão aquele em quem não creram? E como crerão naquele de quem nada ouviram? E como ouvirão, se não há quem pregue?" Romanos 10.14

Pr. Egmon